25 de abril de 2009

Cravos vermelhos...



"Antes do dia 25 de Abril de 1974, o nosso país vivia mergulhado na tristeza e no medo. Durante mais de 40 anos, quem governou Portugal até esse dia foi Salazar e, logo a seguir, Marcelo Caetano. Foi a ditadura. Não havia democracia, não se realizavam eleições livres e ficavam sempre os mesmos a mandar. As pessoas não tinham liberdade para dizer o que pensavam sobre o governo. Havia a PIDE, uma polícia política que vigiava, prendia e torturava quem tivesse ideias contrárias às do governo.



Com o 25 de Abril, mudou muita coisa no nosso país: acabou a ditadura e começou a democracia. O povo português passou a ter liberdade porque aconteceu uma revolução, a Revolução dos Cravos. O povo saiu à rua para comemorar a festa da Democracia, com os soldados que nos libertaram da Ditadura. Toda a gente se abraçava. Os soldados colocaram cravos nos canos das suas espingardas, simbolizando uma mudança pacífica de regime. Muitos distribuíam cravos vermelhos.


As pessoas gritavam «O POVO, UNIDO, JAMAIS SERÁ VENCIDO».Por este motivo, o dia 25 de Abril foi declarado «DIA DA LIBERDADE» e é feriado nacional. "

in web.educom.pt - texto do António Pedro (3ºano) – 23 de Abril de 2004

1 comentário:

Nile e Richard disse...

Olá Analsa.
A revolução da história marccou o pais e o mundo. Um Viva a liberdade.
Bom domingo para voce.bjtos.Nile.