31 de maio de 2010

Galileu Galilei


"Físico, Matemático e astrônomo Italiano, Galileu Galilei (1564-1642) descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Por pouco Galileo não seguiu a carreira artística. Um de seus primeiros mestres, d. Orazio Morandi, tentou estimulá-lo a partir da coincidência de datas com Michelângelo (que havia morrido três dias depois de seu nascimento). Seu pai queria que fosse médico, então desembarcou no porto de Pisa para seguir essa profissão. Mas era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas (que, na época, era considerada uma ciência de sonhadores).


Aristóteles era o único que havia descoberto algo sobre a Física, ninguém o contestava, até surgir Galileu. Foi nessa época que descobriu como fazer a balança hidrostática, que originaria o relógio de pêndulo. A partir de um folheto construiu a primeira luneta astronômica em Veneza. Fez observações da Via Láctea a partir de 1610 que o levaram a adotar o sistema de Copérnico. Pressionado pela Igreja, foi para Florença, aonde concluiu com seus estudos que o Centro Planetário era o Sol e não a Terra, essa girava ao redor dele como todos os planetas. Foi condenado pela inquisição e teve que negar tudo no tribunal. Colocou em discussão muitas idéias do filósofo grego Aristóteles, entre elas o fato de que os corpos pesados caem mais rápido que os leves, com a famosa história de que havia subido na torre de Pisa e lançado dois objetos do alto. Essa história nunca foi confirmada, mas Galileu provou que objetos leves e pesados caem com a mesma velocidade. Ao sair do tribunal, disse uma frase célebre: "Epur si Muove!", traduzindo, " e com tudo ela se move ". Morreu cego e condenado pela igreja, longe do convívio público. 341 anos após a sua morte, em 1983, a mesma igreja, revendo o processo,decidiu pela sua absolvição. "


26 de maio de 2010

Meses, Deuses e Roma


A palavra Janeiro vem do latim lanuarius, em homenagem ao deus romano Jano, deus do começo na mitologia romana. Um deus com duas faces, uma olhando para o passado e outra olhando para o futuro.



A palavra Fevereiro vem também da palavra latina februarius e foi inspirado em Februus, deus da morte e da mitologia etrusca.



Março! O nome surgiu na Roma Antiga e dizia-se Martius, inspirado em Marte, deus da guerra.



O nome Abril, deriva do latim aprilis, que significa "abrir". Outra hipótese apontada para o nome deste mês, sugere que Abril seja derivado de Aprus, nome etrusco de Vénus, deusa romana do amor e da paixão. É por esta razão que surgiu a crença de que os amores surgidos em Abril são eternos. Outra versão relaciona com Afrodite, deusa grega do amor, que teria nascido de uma espuma do mar - que em grego antigo, se dizia "abril".



O nome Maio deriva da deusa romana da fertilidade Bona Dea. Outras versões apontam que a origem se deve à deusa grega Maya, mãe de Hermes.



Junho! O nome deriva da deusa romana Juno, mulher de Júpiter e rainha dos Deuses.



O nome Julho deve-se ao nome do imperador romano Júlio César. Antes deste baptismo, Julho era conhecido por quintilis, uma vez que era o quinto mês no calendário romano, que começava em Março.



Agosto deriva do latim augustus, e é assim chamado por decreto em honra do imperador romano César Augusto.



E o calendário romano influencia o nome dos últimos quatro meses do ano. Assim, Setembro deve o seu nome à palavra latina septem; Outubro deriva da palavra latina octo; o nono mês no calendário romano é Novembro (novem, em latim) e por fim, Dezembro deriva de "decem".


Fonte de Informação: Wikipédia

24 de maio de 2010

Era uma vez .... O Mercado à Moda Antiga volta em 2011!



Cá está a simpática Mena Maia vestida a rigor para a ocasião! E realmente aquela sombrinha foi providencial, pois a manhã de Domingo estava com um sol absolutamente divinal!

Apesar de não ter podido assistir aos eventos de Sábado à tarde (estava em workshops no Porto!), assim que cheguei a OAZ fui directa para o centro histórico, porque um Mercado à Moda Antiga é um evento imperdível! Após 20 minutos de caça ao lugar para estacionar!!! lá consegui enfiar o bólide num lugarzinho e rumei ao centro da acção!

Um mar de gente! Foi o que encontrei por volta das 22 horas! Um verdadeiro mar de gente! A zona mais concorrida é, naturalmente, a zona das tasquinhas onde as freguesias, representadas por instituições ou grupos que vendem os manjares tradicionais...

Eram quase duas da madrugada quando rumei a casa!

A manhã de Domingo foi aproveitada para fazer um passeio (mais calmo) pelo Mercado e também para comprar o almoço nas tasquinhas - o que começa a ser uma tradição oliveirense neste Domingo de Mercado! Ou se almoça no Mercado ou se compra para levar para casa!

Deixo-vos algumas fotos que tirei nesta luminosa e quente manhã de Maio!












Visitem a página do Facebook do XIV Mercado à Moda Antiga e vejam fotos e vídeos das actividades dos dois dias!

E para o ano há mais!:-)

20 de maio de 2010

Calendários Juliano e Gregoriano


(Este calendário em fita pode ser adquirido no www.gadgetvenue.com)


"O calendário gregoriano é o calendário utilizado na maior parte do mundo, e em todos os países ocidentais; porém, existem países que não o aplicam como a China, Israel, Irão, Índia, Bangladesh, Paquistão, Argélia, etc. Foi promulgado pelo Papa Gregório XIII a 24 de Fevereiro do ano 1582 para substituir o calendário juliano.


O Papa Gregório XIII reuniu um grupo de especialistas para reformar o calendário juliano e, passados cinco anos de estudos, foi elaborado o calendário gregoriano, que foi sendo implementado lentamente em várias nações. Oficialmente o primeiro dia deste calendário foi 15 de Outubro de 1582.

O calendário gregoriano é o que hoje em dia se usa e distingue-se do juliano porque:

- Omitiram-se dez dias (de 5 a 14 de Outubro de 1582).
- Corrigiu-se a medição do ano solar, estimando-se que este durava 365 dias solares, 5 horas, 49 minutos e 12 segundos, o equivalente a 365,2425 dias solares.
- Estabeleceu-se começar cada ano novo em 1 de Janeiro.

Nem todos os anos seculares são bissextos. Para um ano secular ser bissexto tem de ser múltiplo de 400. Deste modo, evita-se a diferença (atraso) de três dias em cada quatrocentos anos existente no calendário juliano.

A mudança para o calendário gregoriano deu-se ao longo de mais de três séculos. Primeiramente foi adoptado por Itália, Portugal, Espanha e França; e de modo sucessivo, pela maioria dos países católicos europeus. Os países onde predominava o luteranismo e o anglicanismo tardariam a adoptá-lo, caso da Alemanha (Baviera, Prússia e demais províncias) (1700) e Reino Unido (Inglaterra) (1751). A adopção deste calendário pela Suécia foi tão problemática que gerou até o dia 30 de Fevereiro. A China aprova-o em 1912, a Bulgária em 1917, a Rússia em 1918, a Roménia em 1919, a Grécia em 1923 e a Turquia em 1927."

in Wikipédia

Hoje, de acordo com o calendário gregoriano é o dia 20 de Maio de 2010, o 140º dia do ano (141º dia em ano bissexto).

14 de maio de 2010

XIV Mercado à Moda Antiga


E está quase a chegar! Nos dias 22 e 23 de Maio, as ruas do centro histórico de Oliveira de Azeméis serão palco da 14ª edição do Mercado à Moda Antiga! Um dos eventos mais esperados pelos oliveirenses, o Mercado à Moda Antiga tem vindo a crescer a cada ano que passa! Em Associações representadas, em visitantes, em qualidade de programa!




Do Programa deste ano (que podem ler na íntegra aqui), destacam-se:


Sábado, 22 de Maio:
Grupo de Zés P'reirasReconstituição dos 100 anos da Implantação da República, pelo Rancho Folclórico do Porto
Companhia de Dança Luso-Galaica, que comemora 20 anos de união de sonoridades lusitanas e galegas

 


Domingo, 23 de Maio:
Grupo Mosca Tosca - Valsas para pares ou Coreografias para grupos...ao som de temas tradicionais europeus!
Grupo de Gaitas da Equipa Espiral - Uma "arruada" animadissima!
Teatro de Rua, com quadros divertidos e pitorescos inspirados nas raízes do povo
Bardoada - O Grupo do Sarrafo vai interagir com quem se cruzar! Bombos, Timbalões e Caixas vão ecoar pelas ruas...
Be-dom - Preparem-se para a actuação fenomenal ....
Jogos tradicionais para toda a família . . .
 
E durante os dois dias de mercado, há muitas actividades em permanência ...

- Pais e filhos, avós e netos, vão poder brincar, juntos, a jogos do tempo dos nossos antepassados. Há quanto tempo não lança o pião? Há quanto tempo não joga ao Lencinho, à Vara ou ao Fito? Viaje na máquina do tempo…

- Em dois palcos e nos dois dias, duas dezenas de grupos de danças e cantares tradicionais vão mostrar o que de melhor se faz...

- Artesãos ao vivo:o sapateiro, o cesteiro, o colhereiro, o canastreiro, a bordadeira, o oleiro, o ferreiro, a padeira, a doceira… são algumas das profissões que poderão (re)ver.

- Visitas  à Casa-Museu Regional de Oliveira de Azeméis



e ainda...
A não perder: máquinas fotográficas e acessórios da exposição dedicada à “Foto Paúl”, o arquivo de jornais dos séculos XIX e XX, achados arqueológicos, objectos em vidro do “Centro Vidreiro” (sucessora da primeira fábrica de vidro portuguesa), alfaias agrícolas, mobiliário artístico antigo e algumas surpresas de edições anteriores do "Mercado à Moda Antiga".

Programe já este fim de semana e visite-nos no Centro do Mundo! Vão ser dois grandes dias ...




 

9 de maio de 2010

Declaração Schuman: o Embrião da União Europeia

Foi a 9 de Maio de 1950 que o francês Robert Schuman apresentou o texto que é considerado o embrião de todo o processo de construção da actual União Europeia.


Ficam aqui alguns excertos da Declaração, que pode ser lida na íntegra aqui.

"A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem esforços criadores à medida dos perigos que a ameaçam. A contribuição que uma Europa organizada e viva pode dar à civilização é indispensável para a manutenção de relações pacificas.(...)

(...) A solidariedade de produção assim alcançada revelará que qualquer guerra entre a França e a Alemanha se tornará não apenas impensável como também materialmente impossivel. O estabelecimento desta poderosa unidade de produção aberta a todos os paises que nela queiram participar, que permitirá o fornecimento a todos os países que a compõem dos elementos fundamentais da produção industrial em idênticas condições, lançará os fundamentos reais da sua unificação económica.

Esta produção será oferecida a todos os países do mundo sem distinção nem exclusão, a fim de participar na melhoria do nível de vida e no desenvolvimento das obras de paz. Com meios acrescidos, a Europa poderá prosseguir a realização de uma das suas funções essenciais: o desenvolvimento do continente africano. Assim se realizará, simples e rapidamente, a fusão de interesses indispensável à criação de uma comunidade económica e introduzirá o fermento de uma comunidade mais vasta e mais profunda entre países durante muito tempo opostos por divisões sangrentas."


E porque a "nossa casa" no Mundo faz hoje 60 anos, façamos um brinde à sua saúde!

Cartaz vencedor do Concurso patrocinado pela Comissão Europeia sob o tema "I Love Europe". Criado pela jovem artista polaca Maria Milenko.

Deixo aqui a receita do "Copa Europa", o cocktail oficial do Dia da Europa, criado por Olivier Pichon.


Vodka Bison* 3cl
Xarope de caramelo 1 cl
Sumo de maçã 6 cl
Blue Curaçao* 1 cl
Sorvete de lima 1 colher de sopa
Gelo picado

… misturar tudo num shaker! Para decorar, colocar uma rodela de maçã cortada em forma de coração com um morango incorporado. Para uma versão não alcoólica, retirar a vodka e substituir o Blue Curaçao por xarope Curaçao.





6 de maio de 2010

Peregrinos ...

Em Portugal, com o aproximar do dia treze de Maio, o número de peregrinos aumenta a um ritmo crescente. Este ano, quiçá fruto da visita do Santo Padre, os grupos de peregrinos são muito grandes e podemos vê-los nas estradas e ruas em filas  organizadas. Ainda hoje de manhã, no caminho para o emprego, passei por centenas de peregrinos que, aproveitando a frescura do amanhecer, caminhavam em direcção a Fátima!

Claro que o Afonso teve logo que perguntar quem eram aqueles senhores na estrada com chapéu e colete " fufuscente" (lol)!

E porque a pergunta vai ter repetição... não há como fazer um upgrade ao conhecimento e refrescar a massa cinzenta sobre Peregrinos e Peregrinações.:-)

Na wikipédia, podemos encontrar uma definição bastante sintética: " Uma peregrinação é uma jornada realizada por um devoto de uma dada religião a um lugar considerado sagrado por essa mesma religião. (...)

Para peregrinar há que ter em conta que não se trata apenas do acto de caminhar (no caso da peregrinação a pé), ou executar um trajecto com um determinado número de quilómetros; é reconhecido que peregrinar carece caminhar-se motivado "por" ou "para algo". A peregrinação tem, assim, um sentido e um valor acrescentado que é necessário descobrir a cada pessoa que a executa."



Há muitos locais de peregrinação por todo o mundo: Meca, Jerusalém, Santiago de Compostela, Cidade do México (Santuário de Guadalupe) e Lourdes ... e tantos outros. Em Portugal, há também dezenas de locais que recebem devotos peregrinos durante todo o ano: Santuário de Fátima, Santuário do Sameiro e o Santuário do Bom Jesus de Braga, são alguns dos locais "obrigatórios" na caminhada dos cristãos lusos.


Este ano, à semelhança dos anteriores, escuteiros, bombeiros, Cruz Vermelha e grupos da sociedade civil ajudam os peregrinos na sua caminhada. Por todo o lado há locais de apoio permanente e móvel. A esses "Peregrinos da ajuda"  deixo o meu reconhecimento público pelo inestimável serviço que prestam.


Com eles, a caminhada torna-se mais leve! Bem hajam!

4 de maio de 2010

Texturas de Cor

Mesmo aqui ao lado de casa, noutro ponto do Centro do Mundo, encontramos mais um talento: a simpatiquissima Helena Dias, licenciada em Belas Artes pela Universidade do Porto, e que tem dedicado a sua vida ao ensino de crianças e jovens.
Após alguns anos, o "bichinho" da pintura despertou, e na primeira série deste despertar, a Helena presenteia-nos com um verdadeiro banquete de texturas de cor!














Estes dois quadros que se seguem foram pintados pela Helena antes de entrar em Belas Artes...





Agradeço a amabilidade e a simpatia com que me presenteou numa tarde de Primavera nas Casas da Fonte, bem como o facto de autorizar a publicação de fotos dos seus quadros.
Obrigada Helena:-)