28 de agosto de 2010

Anjos . . .

Anjos ... um assunto que me fascina desde pequenina:-) Este recorte é dedicado ao meu anjo da guarda, Yabamiah, por quem tenho absoluta admiração :-) "Recortemos" então sobre os 72 Anjos e as respectivas nove categorias.


"Anjo (do latim angelus e do grego ággelos (ἄγγελος), mensageiro), segundo a tradição judaico-cristã, a mais divulgada no ocidente, é uma criatura celestial, acreditada como sendo superior aos homens, que serve como ajudante ou mensageiro de Deus. Na iconografia comum, os anjos geralmente têm asas de pássaro e uma auréola. São donos de uma beleza delicada e de um forte brilho, por serem constituídos de energia, e por vezes são representados como uma criança, por terem inocência e virtude. Os relatos bíblicos e a hagiografia cristã contam que os anjos muitas vezes foram autores de fenómenos miraculosos, e a crença corrente nesta tradição é que uma de suas missões é ajudar a humanidade em seu processo de evolução.
Os anjos são ainda figuras importantes em muitas outras tradições religiosas do passado e do presente, e o nome de "anjo" é dado amiúde indistintamente a todas as classes de seres celestes. Os muçulmanos, zoroastrianos, espíritas, hindus e budistas, todos aceitam como facto a sua existência, dando-lhes variados nomes, mas às vezes são descritos como tendo características e funções bem diferentes daquelas apontadas pela tradição judaico-cristã, esta mesma apresentando contradições e inconsistências, de acordo com os vários autores que se ocuparam deste tema.
O Espiritismo faz uma descrição em muito semelhante à judaico-cristã, considerando-os seres perfeitos que atuam como mensageiros dos planos superiores.
Dentro do Cristianismo Esotérico e da Cabala, são chamados de anjos os espíritos num grau de evolução imediatamente superior ao do homem e imediatamente inferior ao dos arcanjos. Para os muçulmanos alguns anjos são bons, outros maus, e outras classes possuem traços ambíguos. No Hinduísmo e no Budismo são descritos como seres auto-luminosos, donos de vários poderes, sendo que alguns são dotados de corpos densos e capazes de comer e beber.
Já os teosofistas afirmam que existem inumeráveis classes de anjos, com variadas funções, aspectos e atributos, desde diminutas criaturas microscópicas até colossos de dimensões planetárias, responsáveis pela manutenção de uma infinidade de processos naturais. Além disso a cultura popular em vários países do mundo deu origem a um copioso folclore sobre os anjos, que muitas vezes se afasta bastante da descrição mantida pelos credos institucionalizados dessas regiões."

in Wikipédia


De acordo com a crença judaico-cristã, os 72 Anjos formam uma Hierarquia Angelical dividida em nove categorias:

Serafins, que personificam a caridade e a inteligência.
Querubins, que refletem a sabedoria divina, aliada ao temperamento jovial
Tronos, que proclamam a grandeza divina, através da música.
Dominações, que têm o governo geral do universo e atendem mais rapidamente quando utilizamos os instrumentos mágicos para as invocações.
Potências, que protegem as leis do mundo físico e moral, além de preservar a procriação dos animais.
Virtudes, que promovem prodígios e os milagres da cura.
Principados, responsáveis pelos reinos, estados e países, preservam também a fauna e a flora, os cristais e as riquezas da terra.
Arcanjos, responsáveis pelas transmissões de mensagens importantes e pela defesa dos países, pais ou da família.
Anjos, que cuidam da segurança do indivíduo no corpo físico.


Cada uma destas categorias é regida por um Príncipe...

Metatron é o Princípe dos Serafins;
Raziel é o Princípe dos Querubins;
Tsaphkiel é o Princípe dos Tronos;
Tsadkiel é o Princípe das Dominações;
Camael é o Princípe das Potências;
Raphael é o Princípe das Virtudes;
Haniel é o Princípe dos Principados;
Mikael é o Princípe dos Arcanjos;
e Gabriel é o Princípe dos Anjos

 
Destes 72 Anjos há um a quem Deus confiou a nossa guarda e protecção desde a hora de nascimento: é o nosso Anjo da Guarda ... este Anjo acompanhará a nossa caminhada até à hora em que morremos, protegendo e assistindo não só contra os perigos temporais, mas especialmente contra os perigos espirituais.
 
 
Na web há imensos sites onde pode saber quem é o anjo que vela por si desde que nasceu.. este é apenas um dos inúmeros locais onde pode descobrir quem é o seu anjo da guarda . . .

15 de agosto de 2010

Lenda da Moura Cassima


"Esta lenda passa-se em 1149, na véspera da reconquista de Loulé aos Mouros pelo Mestre D. Paio Peres Correia. Loulé estava sob domínio dos mouros e seu governador tinha três belas filhas Zara, Lídia e Cassima que era a mais nova.

Quando D. Peres se encontrava no exterior da muralhas da cidade pronto para conquistar a cidade, o governador levou as suas filhas até uma fonte onde as encantou, com o objectivo de as preservar de um possível do cativeiro. Contudo o governador nessa noite conseguiu fugir para Tânger deixando as suas filhas para trás.

Mas este não conseguia viver feliz ao pensar na pouca sorte das suas pobres filhas. Até que num certo dia apareceu em Tânger um "carregamento" de escravos vindos de Portugal onde se encontrava um homem de Loulé, que o governador não hesitou em comprar.

Já no palacete o mouro perguntou ao Carpinteiro se ele não gostaria de voltar para perto da sua família, este sem perder um segundo disse que sim. Logo o mouro pegou num alguidar cheio de água dizendo ao louletano para ele se colocar de costas para o alguidar e saltar para o outro lado, prevenindo-o que se caísse dentro da água iria-se afogar no oceano, dando-lhe 3 pães (pães esses que continham a chave para o desencantamento das mouras) diz-lhe o que fazer com eles a fim de libertar as suas lindas filhas do encantamento a que foram sujeitas. O carpinteiro salta e como num passe de mágica chega a sua casa abraçando a sua mulher, logo de seguida ele vai até um canto da casa e esconde os 3 pães dentro de um baú.

Passado algum tempo mulher descobre os pães e fica desconfiada por ele estarem escondidos, então ela pega numa faca afim de ver se há alguma coisa dentro deles, espetando a faca num de imediato ela ouve um grito e as suas mãos enchem-se de sangue vindo do interior do pão.

Na véspera de S. João (dia para o encantamento ser quebrado) o carpinteiro estava indiferente à animação pois só pensava em cumprir a promessa por ele feita ao ex-governador, logo que pode pegou nos pães e foi até fonte. Chegando a altura certa este atira o 1º pão para a fonte e grita por Zara, a mais velha das irmãs e uma figura feminina sobe no espaço e desaparece diante dos seus olhos. Logo de seguida atira o 2º e grita por Lídia volta a aparece-lhe outra bela rapariga que desaparece no ar diante dele. Por fim atira o 3º e grita pela filha mais nova do ex-governador, nada acontece, ele volta a grita por Cassima e uma jovem moura aparece-lhe agarrada ao gargalo da fonte, que lhe diz que não pode sair dali devido a curiosidade da sua esposa. Ele pede-lhe desculpa em nome da sua pobre mulher, esta diz que a perdôa e que tem uma coisa para a mulher deste pois jamais poderá sair daquela fonte e atira um cinto bordado a ouro para as mãos do carpinteiro, enquanto desaparece no interior da fonte...

No caminho o Carpinteiro para ver melhor a beleza do cinto coloca-o em redor de um troco de um grande carvalho, mas de imediato a arvore cai por terra, cortada cerce pelo cinto fantástico. Benzendo-se e rezando o carpinteiro compreende tudo: Cassima dera-lhe o cinto apenas para se vingar! a sua mulher ficaria cortada ao meio, como o carvalho gigantesco!...

Este correu para casa abraçou a mulher e nessa noite não consegui pregar olho com medo que a moura ali aparecesse, mas isso nunca aconteceu. Tal como a moura Cassima lhe dissera não mais poderia sair da fonte. Apenas por vezes, segundo se diz - principalmente nas vésperas de S. João - ela consegue agarrar-se ao gargalo da fonte, e mostrar sua beleza, e chorar a sua dor aos que se aventuram por até lá.... "

4 de agosto de 2010

Remédios Caseiros

Em passeios pela web encontrei algumas "receitas" de remédios caseiros para as mais diversas maleitas. Confesso que sou fã da utilização de plantas e outros elementos naturais, cujas propriedades nos podem ajudar muito!

No site Paradise Now, encontrei uma receita extraordinariamente simples para acabar com as terríveis dores de dentes!




"Dissolva uma quantidade suficiente de sal marinho não refinado em água morna (temperatura do corpo) para preparar uma forte solução e lave a sua boca com ela (por meio de bochechos), permitindo que a água salgada percorra toda a boca de forma vigorosa (se a dor permitir) ou apenas permitindo que a salmoura aja em sua boca( ela provocará ensalivação). A dor de dente, especialmente quando extremamente aguda, poderá cessar instantaneamente ou talvez leve algum tempo antes de desaparecer, mas ela será debelada (no meu caso esse método sempre funcionou e o maior tempo que levou para cessar, num caso de dor aguda, foram cerca de dois minutos. Também já testemunhei algumas outras pessoas que relataram terem tido alívio quase instantâneo para dor de dente, com mesmo método). Repita o processo de lavagem e bochechos com salmoura – até mesmo durante vários dias, no caso de a dor voltar ou não cessar por completo – tantas vezes quanto necessário. Também se pode alojar alguns cristais de sal diretamente sobre o dente ou gengiva que dói."


Para as horríveis aftas, encontrei no site Tua Saúde  um remédio muito simples...


"Um remédio caseiro muito bom para curar aftas é a camomila. Coloque 6 colheres de chá de flores de camomila em 1 litro de água reserve e faça gragarejos sempre que lembrar. Faça gargarejos com chá de camomila em casos de irritações e inflamações da mucosa da zona da boca e garganta. Esta planta tem uma incrível ação estimulante da cicatrização asssim como um alto poder desinfectante."


E para hematomas, o site Receitas Hummm apresenta um cataplasma interessante:


"Aplicar cataplasma de tomate maduro no local de 2 horas cada, quantas vezes forem necessárias. Ao deitar colocar sobre o hematoma a parte interna da casca da banana deixando-a um tempo médio de 2 a 3 horas."



No Saúde 24, encontrei algumas indicações para o tratamento de picadas de insectos com remédios caseiros!


"Nas picadas de abelhas molhe a zona com bicarbonato de sódio;
Nas picadas de vespa molhe a zona com vinagre;
Aplique gelo no local da picada (envolto numa toalha turca durante 5 dias, 3 vezes ao dia);
Aplique uma fatia de papaia, durante 1 hora;
Friccione o local da picada com uma rodela de cebola."


Há imensos "remédios caseiros" e creio que todos já utilizamos muitas receitas da avó para aliviar dores ou curar algumas feridas: chá de cebola para a rouquidão, chá de limão e mel para problemas de garganta, emplastro de carne vermelha para nódoas negras, emplastro de camomila para unhas encravadas ...e poderia estar aqui muitas horas a enumerar estes remédios!:-)

Aproveito para desejar a todos os que por aqui passam uma excelente semana sem terem que recorrer a nenhum remédio (caseiro ou não):-)