1 de abril de 2011

O Cognome do Rei (II - Dinastia de Avis)


Continuamos com a "aventura" dos cognomes dos Reis do Reino ;-)

Dinastia de Avis (1385 - 1580)

D. João I, O de Boa Memória
(Pelo lembrança positiva que deixou na memória dos portugueses. Homem culto, arguto e benevolente. Foi durante o seu reinado que se iniciou a expansão portuguesa e a grande epopeia dos Descobrimentos.)
[ Em pleno século XXI... como precisamos de outro D.João I !!!!!!!!!!!!!!]


D. Duarte, O Eloquente
(Pelo seu interesse pela cultura e pelas obras que redigiu: "O Leal Conselheiro" e o " Livro da Boa Ensinança de Cavalgar Toda a Sela")


D. Afonso V, O Africano
(Pelas conquistas no Norte de África)

D. João II, O Princípe Perfeito
(Pela forma como exerceu o poder, pois foi graças às medidas que implementou que o Reino entrou na sua "Época de Ouro".)


D. Manuel I, O Bem-Aventurado
(Pelas felizes circunstâncias que o levaram ao trono! D. Manuel era primo de D. João II e foi seu protegido; o que na ausência de herdeiros de D.  João II, lhe traria a sorte de ser indicado para a sucessão.)


D. João III, O Piedoso
(Pela sua devoção religiosa.)


D. Sebastião I, O Desejado
(Por ser o herdeiro esperado da Dinastia de Avis. Desaparecido na Batalha de Álcacer-Quibir, inicia-se uma crise dinástica que permite a perda da independência para a dinastia Filipina. D. Sebastião é o "Rei Artur" dos portugueses, pois conta a lenda que um dia voltará!)


D. Henrique I, O Casto, O Cardeal-Rei
(Devido à sua função eclesiástica que o impediu de ter descendência legítima.)


E para a semana cá teremos a Dinastia Filipina :-)

Sem comentários: